Área de cliente
Helpdesk

Inspeção e manutenção de edifícios

Garantir a sustentabilidade
do edifício

Assegure a conservação das edificações e o incremento da sua vida útil, mantendo as condições de segurança e de utilização, mas com o menor custo possível.

01.

Quando as condições de habitabilidade se deterioram, maioritariamente fruto da presença de humidade em pavimentos, paredes e ou tectos, é comum recorrer aos serviços de uma empresa de construção, deixando o diagnóstico e a proposta de solução nas suas mãos.

O objectivo dessa empresa será certamente a minimização dos riscos de insucesso e a majoração do seu lucro, isto é, não conhecendo com rigor a origem do problema, realizará mais trabalho do que o efetivamente necessário. Se numa situação deste tipo solicitarmos orçamentos a diversas empresas, facilmente verificaremos que as soluções preconizadas são diferentes, sendo difícil, senão impossível comparar os respetivos orçamentos. Por vezes, concluídos os trabalhos, verificamos que a patologia persiste ou reaparece passado pouco tempo.

02.

Em que consiste uma inspeção

Fazer levantamento de todas as patologias e defeitos de construção, causados por deficiente execução ou utilização ou pelo desgaste natural dos materiais, no correcto diagnóstico das causas e na proposta de soluções para a reposição das condições de habitabilidade.

O levantamento de patologias é realizado com recurso a instrumentos de análise e medida, sendo os dados recolhidos tratados informaticamente e interpretados por técnicos especializados.

O resultado da inspecção será consubstanciado num relatório técnico que contempla:

  • Registo de patologias e defeitos de construção.
  • Diagnóstico.
  • Proposta de soluções.

03.

Porquê inspecionar

  • Para identificar claramente a origem dos problemas do imóvel.
  • Para estabelecer as soluções mais correctas.
  • Para diminuir os custos de reparação.
  • Para estabelecer prioridades de intervenção.
  • Para conhecer um imóvel antes de o adquirir.
  • Para valorizar o imóvel que pretende vender.
  • Para suportar uma acção judicial.