Área de cliente
Helpdesk

Certificação Energética

Certifique com
a qualidade Forma Z

A Certificação Energética classifica o desempenho energético de um imóvel numa escala de A+ a F e recomenda medidas de melhoria. É obrigatória na publicitação de qualquer anúncio comercial do imóvel para venda ou arrendamento e na celebração de contratos.

01.

Certificação energética em fase de projeto

Asseguramos o cumprimento do Sistema de Certificação Energética dos Edifícios, o Regulamento de Desempenho
Energético dos Edifícios de Habitação e o Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Comércio e Serviços, de acordo com o DL118/2013.
O cumprimento deste requisito é obtido pelo acompanhamento do trabalho do projetista, sua análise e pedidos de correção se necessário, de forma a viabilizar a obtenção de um projeto certificado com a emissão do pré-certificado energético, necessário para obter a licença de construção.

02.

Certificação energética dos edifícios (CE)

Edifícios novos (CE após PCE)

Asseguramos o cumprimento do Decreto-Lei 118/2013.
O cumprimento deste requisito é obtido pela verificação em obra com a validação necessária para assegurar o cumprimento dos requisitos legais, de forma a viabilizar a obtenção do 1º Certificado Energético, necessário para obter a licença de utilização.
A classe energética de edifícios novos, deve ser B- ou superior.

Edifícios existentes (CE)

REH – Habitação

Após efetuar um levantamento exaustivo da envolvente e sistemas e obtida a documentação necessária, é elaborado o estudo energético e atribuição da Classe energética ao edifício ou fração (classes A+/A/B/B-/C/D/E/F), sendo também apresentadas as medidas de melhoria propostas, emitindo-se o Certificado Energético.

RECS – Comércio e Serviços

Desde 1 de Janeiro de 2009, todos os Grandes Edifícios de Serviços (GES) devem possuir um certificado válido, que deve ser renovado conforme a periodicidade aplicável.

A abordagem aos edifícios é mais abrangente, efetuando-se:

  • Um levantamento exaustivo da envolvente e sistemas (Avac / iluminação e etç.);
  • Obtenção da documentação necessária (Projetos de arquitetura/ climatização/iluminação, faturas de energia final, documentos de registo do edifício ou fração);
  • Elaboração de auditoria energética com simulação térmica e energética do edifício/fração, computacional, monozona/multizona, atribuição da Classe energética ao edifício ou fração (classes A+/A/B/B-/C/D/E/F) e verificação do cumprimento dos limites legais de consumo de energia, sempre que aplicável;
  • Identificação da necessidade de execução de planos de racionalização energética (PRE), caso haja incumprimento de requisitos.

03.

Medições da qualidade do ar interior em edifícios

Efetuamos avaliações do nível de contaminação do ar interior nos edifícios, locais de trabalho, ambientes controlados, salas limpas/brancas e similares, de acordo coma s necessidades do cliente, de acordo com a norma que se pretende verificar (ex.: ISO EN 14644).
A avaliação é por princípio efetuada a: monóxido CO e dióxido de carbono CO2, Ozono (O3), formaldeído (HCHO), compostos orgânicos voláteis totais (COVsT), partículas PM10μm, bactérias (incluindo legionella), fungos e gás radão.

04.

Auditoria Energética (AE)

Motivadas por diferentes metas (redução de consumos, instalação de sistemas para produção de eletricidade, candidaturas a incentivos, renovação de CEs, desagregação de consumos), analisamos os fluxos do edifício, caracterizando-os, identificando desperdícios e oportunidades de poupança, que depois podem ser convertidas em estudos de instalação de sistemas ou processos de poupança, analisando-se o seu custo inicial, período de retorno e viabilidade de instalação.

05.

Estudos de racionalização energética e da QAI

Em caso de não serem cumpridos os requisitos legais, é necessário apresentar um plano de racionalização energética, a entregar pelo proprietário à DGEG (Direção Geral de Energia e Geologia). A Certavac poderá elaborar os planos e acompanhar a sua implementação no edifício, de forma a viabilizar a emissão do certificado sem marca de água, uma vez que durante a aplicação dos planos, o edifício detém um certificado com marca de água «sujeito a PRE».

06.

Supervisão de manutenção de sistemas AVAC

A Forma Z acompanha a vida do edifício, no que toca à manutenção dos sistemas técnicos AVAC/ILUMINAÇÃO/outros consumidores, prestando o serviço de Técnico de Instalação e Manutenção – TIM II / III, nomeadamente:

  • Elaboração do Plano de Manutenção Preventiva – PMP;
  • Execução correta da manutenção do sistema de climatização, por parte da empresa de manutenção e de acordo com o Plano de Manutenção Preventiva (PMP);
  • Execução de inspeções periódicas aos equipamentos e sistemas de climatização;
  • Monitorização das condições de qualidade do ar interior do edifício, por verificação/medição de rotina;
  • Registo de alterações e atualização do histórico de manutenção.

07.

Fiscalização em obra

Acompanhamos a execução dos sistemas de climatização, garantindo o cumprimento da qualidade prevista pelo projeto certificado, aprovando materiais e equipamentos propostos pelo empreiteiro e assegurando a montagem em condições higiénicas, que viabilizam a certificação do edifício.